Falando de forma mais clichê possível, a empresa é seu filho. Você vai criar, desenvolver, investir e fazer com que ela ande com suas próprias pernas por um bom tempo (se tudo der certo!).

Para a maioria dos empreendedores, o nome da empresa é a primeira coisa a ser definida. O nome pode ser um fator de sucesso ou insucesso da empresa, acredite!

Mas é também a parte que parece simples, mas é bem difícil. As companhias mais bem sucedidas atualmente tem nomes simples de lembrar, limpos e sem conotações negativas.

Para ajudar nessa tarefa, listamos 10 dicas para a escolha do nome de sua empresa:

Crie um nome fora do comum

Jon Platt, da agência de branding What If! Inovações, disse: “Antes de criarmos um nome, nós pensamos em uma expressão fora do comum, que faça o cliente ficar intrigado. “What if” define o tipo de resposta que um cliente está procurando quando vê o nome de minha agência.”

“Se você consegue ver a imagem, sentimento, som, forma e associação que está procurando dar a sua empresa, então você consegue achar o nome que você precisa. Quanto mais tangível e precisa for a materialização do seu desejo, mais fácil será encontrar o nome certo.”

Faça um brainstorm

Uma sessão de brainstorm pode ser uma ótima forma de achar o nome de sua empresa, já que você deixa que as pessoas falem nomes que lhe vem a cabeça sem julgamentos – o nome Brainstorm quer dizer “Tempestade de Idéias”. Reúna amigos, ou seus sócios, e faça essa sessão de nomes. Anote cada um deles para não esquecer. Um nome que pode parecer inadequado por um momento pode levá-lo a encontrar o nome ideal.

Mas se você quer fazer essa sessão, escolha as pessoas certas para lhe ajudar. Procure pessoas criativas que tenham amor por palavras e expressões. Sem elas, a sessão pode ficar um tanto chata.

Pense como seu público

Tente se colocar na mente do seu público alvo, tente pensar do jeito que eles pensam. Trabalhe com os tipos de respostas que você quer deles, e depois estude formas de obter essas respostas.

Tenha um Feedback

Uma vez que você tenha escolhido seu nome, consiga o feedback de quantas pessoas for possivel antes de confirmá-lo oficialmente.

Um nome pode soar brilhante pra você, mas eles podem achar conotações negativas, erros gramaticais e outros. Sempre é bom ouvir a opinião de terceiros.

Confirme sua exclusividade

Antes de decidir seu nome, você precisa se certificar de que ninguém mais está usando o mesmo.

Qual será a imagem de sua empresa?

Você quer ser associado ao seu entusiasmo jovem ou à sua distinção clássica? Sua marca é local ou estrangeira? É acessível ou exclusiva? Você precisa pensar sobre que imagem quer passar com a marca e construir seu nome em torno disso.

Cuidado com abreviaturas

Algumas marcas, como HMV e AA, parece incisivas, abreviaturas memoráveis; mas se você não tomar cuidado, você poderia terminar com uma abreviatura que é extremamente infeliz.

Então se, por exemplo, você é uma companhia de comida pensando em se chamar Comidas Únicas, você deve pensar outra vez!

Pense nos mecanismos de busca

Quando as pessoas fazem uma pesquisa no mecanismo de busca, elas serão capazes de se lembrar como se escreve ou conseguem soletrá-lo? Se eles pesquisarem termos genéricos, seu nome vai aparecer?

Se seu nome é limpo, simples e fácil de soletrar, você vai receber mais tráfego dos motores de busca.

Sua marca é atemporal?

Você precisa de um nome que permita a expansão e a evolução do seu negócio. Se seu nome é restrito e específico, você pode restringir seu negócio a um mercado muito pequeno, com poucas chances de ampliação.

Potencial da Marca

Você pode criar um slogan memorável com seu nome? Será que funciona bem em um logotipo?
Seu nome precisa ser maleável e apropriado para uma ampla gama de possibilidades de comercialização.

Fonte: Startups UK